Campinense vence Botafogo no primeiro jogo da semifinal do Paraibano

DEIXE UM COMENTÁRIO
Botafogo e Campinense se enfrentaram na noite desta quarta-feira (25) no estádio José Américo de Almeida Filho “O Almeidão” em João Pessoa pelo primeiro jogo da semifinal da segunda fase do Campeonato Paraibano de Futebol.

E com gols de Warley duas vezes e Renatinho o Campinense derrotou pela primeira vez na temporada o Botafogo por 3 a 2 que descontou com Jales e Izaias. Os times voltam a se enfrentar pelo estadual no próximo domingo pelos últimos noventa minutos da semifinal em Campina Grande no estádio Governador Ernani Satyro “O Amigão” às 16h. Com o resultado o Campinense tem a vantagem de perde o confronto em Campina Grande por um gol de diferença ou pelo mesmo placar de 3 a 2 para se classifica a final da segunda fase.

Os gols

Aos trinta e dois minutos do primeiro tempo, Adriano Felício faz bela assistência para Warley que recebe na grande área dribla o zagueiro Rógeiro e chuta com força sem chances para defesa do goleiro Genivaldo fazendo, Botafogo 0 a 1 Campinense.

Aos quinze do segundo tempo a zaga botafoguense tenta fazer linha de impedimento porem Warley recebe com condição assistência mais uma vez de Adriano Felício marcar o segundo gol da Raposa. Botafogo 0 a 2 Campinense.
Aos dezesseis o Botafogo diminui com Jales, o atacante aproveita falha da zaga raposeira e sai cara a cara com o goleiro Pantera estufando as redes e fazendo, Botafogo 1 a 2 Campinense. Aos vinte e quatro o Campinense ampliar o marcador, Renatinho Carioca cobra falta com precisão sem dar chances de defesa do goleiro Genivaldo.

Aos trinta e oito, Izaias da números finais a partida, após corte da zaga raposeira o volante aproveita rebote e mete uma bomba estufando as redes do goleiro Pantera.

Quebra de recorde

Com os dois gols marcados na noite desta quarta-feira (25) contra o Botafogo no estádio Almeidão na capital paraibana, João Pessoa, o atacante Warley do Campinense entrou para a história do futebol paraibano se tornando um dos maiores artilheiros de uma mesma edição do estadual, além de quebra um recorde que já duravam 44 anos, se tornando o maior artilheiro do Campinense em uma mesma edição do Paraibano ultrapassando o atacante Ireno que marcou vinte gols no Campeonato Paraibano de 1968.

Fonte: @PBemCampo| @IuryMatheus01

0 comentários:

Postar um comentário