Da madeira....

Da madeira pode fazer muitas coisas
Colher de pau, gamelas, farinheiras
Carrinhos, quadros, bonecos e portas

Boneco de madeira
lembra pinóquio
Como lembra gente
que tem a cara de pau
Literalmente

Agora digo, pra quem sabe do que estou falando, num é muita cara de pau de todos vocês...
P.S. Na loja nunca tinha sido vendido tanta colher de pau como ultimamente...



Agora um poema de Vinícius de Moraes :
"A porta"

Eu sou feita de madeira
Madeira, matéria morta
Mas não há coisa no mundo
Mais viva do que uma porta.

Eu abro devagarinho
Pra passar o menininho
Eu abro bem com cuidado
Pra passar o namorado
Eu abro bem prazenteira
Pra passar a cozinheira
Eu abro de supetão
Pra passar o capitão.

Só não abro pra essa gente
Que diz (a mim bem me importa...)
Que se uma pessoa é burra
É burra como uma porta.

Eu sou muito inteligente!

Eu fecho a frente da casa
Fecho a frente do quartel
Fecho tudo nesse mundo
Só vivo aberta no céu!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Beijos!

Incógnita

Ébano!